Cantiga de Santa Maria nº 110

ESTA É DE LOUVOR A SANTA MARIA

Tão plena de graças é Santa Maria
que, para louvá-la, nos falta tempo e vida.

E como pode por uma língua ser louvada
aquela que mereceu que Deus quisesse por ela
tomar sua carne sagrada e se tornar homem,
graças ao que a sua divindade mostrada
foi em carne, e vista e ouvida?

Tão plena de graças é Santa Maria…

Pois tantas são as graças de Santa Maria,
que uma língua não poderia dizê-las todas,
– ainda que essa língua fosse de ferro,
e noite e dia não se calasse –,
sem que antes falhasse.

Tão repleta de qualidades é Santa Maria…

Se o céu estrelado fosse um pergaminho
e fosse tinta o mar, que como todos sabem é grande,
e vivesse para sempre um homem letrado,
ficar-lhe-ia por dizer
a maior parte das graças que ela tem.

Tão repleta de qualidades é Santa Maria…

 

Texto original em galego-português:

ESTA É DE LOOR DE SANTA MARIA

Tant’ é Santa Maria de ben mui comprida,
que pera a loar tempo nos fal e vida.
E como pode per lingua seer loada
a que fez porque Deus a ssa carne sagrada
quis fillar e ser ome, per que foi mostrada
sa deidad’ en carne, vista e oyda?

Tant’ é Santa Maria de ben mui comprida…

Ca tantos son os be)ens de Santa Maria,
que lingua dizer todos nonos poderia,
nen se fosse de ferro e noite e dia
non calasse, que ante non fosse falida.

Tant’ é Santa Maria de ben mui comprida…

Se purgameo foss’ o ceo estrelado
e o mar todo tinta, que grand’ é provado,
e vivesse por sempr’ un ome enssinado
de scriver, ficar-ll-ia a mayor partida.

Tant’ é Santa Maria de ben mui comprida…

D. Afonso X, o sábio, séc. XIII

Resultado de imagem para iluminura da cantiga de santa maria nº 110

Loading Likes...

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *