A Evolução da Fé – No Que a Nova Teologia Realmente Acredita – Parte II

Tendo visto, na reunião anterior, os efeitos causados pela adoção quase universal da Nova Teologia e como, em suas origens e fins, ela é senão uma nova roupagem daquele modernismo tido por São Pio X como o mais perigoso inimigo da Igreja, neste Domingo iremos analisar alguns dos principais fundos doutrinários e filosóficos que fundamentam esse movimento.

No que o neo-modernista realmente crê? A novidade se fundamenta em detalhes teológicos aparentemente pouco importantes ou conciliáveis com a Fé? São meras tendências, que passam sem grande tumulto? Se São Pio X classificou o Modernismo como a síntese de todas as heresias e erros, em que realmente ele crê? Na segunda aula da série sobre a Nova Teologia, esperamos tratar dessa e de outras perguntas cruciais para o entendimento do catolicismo no século XX e XXI.

Áudio da aula

 

 

Slides

Este artigo foi produzido por um congregado da Seção da Boa Imprensa da Congregação Mariana da Imaculada Conceição e Santo Afonso de Ligório, Manaus, Amazonas. A reprodução deste conteúdo é livre, desde que se cite a fonte de origem. Para contato, envie-nos um e-mail

Loading Likes...

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *