S. Estanislau Kostka, confessor

Imagem relacionada

Nascimento

28/10/1550, em Comuna de Czernice Borowe, Reino da Polônia

Morte

15/08/1568, em Roma, Itália

Beatificação

1605

Canonização

31/12/1726, pelo Papa Bento XIII

Festa Litúrgica

13 de Novembro

Onde Foi Congregado

Colégio dos Jesuítas em Viena, Áustria, onde se sentiu chamado à vida religiosa pela Virgem Maria

São Estanislau Kostka, ou Stanislaw Kostka foi um jesuíta polaco que nasceu no Castelo de Rostków, no seio de uma importante família nobre. Foi apelidado na sua infância de “Anjo” e atingiu a sua juventude guardando todas as virtudes, mesmo não faltando oportunidades para se entregar aos prazeres mundanos devido à família na qual nasceu.

Com a idade de 14 anos foi enviado para o seminário dos jesuítas juntamente do irmão mais velho e do tutor, porém logo foi fechado pelo imperador Maximiliano e toda a comunidade estudantil foi abrigada em um castelo de um príncipe protestante onde se tinham muito divertimento, jogos e coisas mundanas, que não condiziam com Estanislau, o qual buscava uma vida de virtude e oração dentro da doutrina católica. Apesar de todas as dificuldades que existiam naquele castelo, Santo Estanislau permaneceu firme nos seus propósitos e utilizava-se de uma máxima própria: “Eu nasci para as coisas eternas e não para as coisas do mundo”.

Devido as lutas contra o ambiente hostil no qual estava, sua saúde veio a ceder. Ficou doente a ponto de quase perder a vida, mas sua profunda fé e confiança na Virgem Maria, em quem tinha grande devoção, o ajudou a combater a enfermidade. Durante a sua doença, ele pediu para que providenciassem um sacerdote para que pudesse comungar da Sagrada Eucaristia, mas teve seu pedido negado pelos homens. Porém, o santo recebeu uma resposta positiva de Deus: durante um sonho, um anjo apareceu a ele para lhe dar da Comunhão e a Virgem Santíssima também apareceu para curar-lhe. Nossa Senhora o curou no momento em que colocou o Menino Jesus nos braços do santo e também o convidou a ingressar na Companhia de Jesus.

Após conversar com seus familiares e eles negarem sua ida para a Companhia de Jesus, Estanislau os enfrentou de diversas formas, chegando até a fugir sozinho à pé, vestido de mendigo, para despistar alguém, caso o perseguissem. No seu caminho a pé, ele saiu de Viena, na Áustria, indo parar em Treves, na Alemanha, onde achou uma província da Companhia de Jesus e foi acolhido pelo Provincial Pedro Canísio, que ouviu sua história. A distância que ele percorreu da sua cidade até a província foi de 700km.

Quando seu pai descobriu, chegou a ameaçar que expulsaria todos os jesuítas da Polônia caso o filho não voltasse ao convívio com a família, mas o santo permaneceu irredutível em sua decisão.

Com a idade de 17 anos, ele foi enviado à Roma juntamente com uma carta de recomendação de seu superior, São Francisco de Bórgia, o qual afirmava estar sendo enviado para a conclusão de seu noviciado e os estudos teológicos no Colégio Romano.

O jovem foi acometido por uma febre misteriosa que o levou a falecer no dia 15/08/1568, com 18 anos, na Festa da Assunção de Nossa Senhora. Antes de morrer os sacerdotes ouviram de seus lábios sorridentes os dizeres: “Maria veio buscar-me, acompanhada de virgens para me levar consigo”.

Loading Likes...

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *