S. Francisca Xavier Cabrini, virgem

http://www.sodalitium.biz/wp-content/uploads/santa-francesca-saverio-cabrini-1.jpg

Virgem e fundadora das Missionárias do Sagrado Coração de Jesus, educadora e missionária na América.

Nascimento

15/07/1850, em Sant’Angelo Lodigiano, Itália

Morte

22/12/1917, em Chicago, Illinois

Beatificação

13/11/1938, pelo Papa Pio XI

Canonização

07/07/1946, pelo Papa Pio XII

Festa Litúrgica

13 de Novembro

Onde Foi Congregado

Sant’Angelo Lodigiano, Itália

Santa Francisca Xavier Cabrini, também conhecida como Madre Cabrini, foi a primeira cidadã norte-americana a ser canonizada. Ela nasceu em Sant’Angelo Lodigiano, sendo mais jovem dos 13 filhos de Agostino Cabrini e Stella Oldini. Ela nasceu de forma prematura e por conta disso sua saúde era delicada. Sua infância foi cercada de tristezas, sacrifícios e dificuldades, sendo vítima da miséria que reinava na região norte da Itália. Porém, isso não foi obstáculo para que ela aprendesse a ler e desenvolver sua capacidade intelectual. Com o decorrer do aprendizado, ela adquiriu um grande apreço pela leitura, principalmente sobre a vida dos santos. Tinha como preferida a vida de São Francisco Xavier, pelo qual adquiriu bastante veneração, acabando por adotar seu sobrenome.

Formou-se como professora, mas um ano após sua formatura, seus pais vieram a falecer. A santa começou a trabalhar dando aulas e ajudando em obras de caridade que eram muito necessárias principalmente na paróquia onde vivia, enquanto alimentava o sonho de ser religiosa. Após reflexão profunda, decidiu pedir admissão em dois conventos, porém foi rejeitada em ambos por causa de sua frágil saúde e debilidade física. Ao mesmo tempo em que foi rejeitada, o padre da paróquia na qual ela realizava as obras desejava que ela continuasse lá, pois seus exercícios de caridade fazia uma grande diferença.

Foi a fundadora do Instituto das Irmãs Missionárias do Sagrado Coração de Jesus, em 1877, colocando sua obra sob a proteção de São Francisco Xavier. Com o tempo, a Congregação recebeu o apelido carinhoso de “Irmãs Cabrianas”. Além disso, a Obra recebeu o apoio do papa Leão XIII, que acabou por mandá-las a algumas missões com os seguintes dizeres: “O Ocidente, não o Oriente, como fez são Francisco Xavier”.

Foi-lhes dado esse caminho, haja vista ser uma época de grandes missões nas Américas, incorrida em guerras, onde os povos que chegavam no novo continente americano encontravam-se sem orientação alguma, necessitados de apoio, amizade, solidariedade e, principalmente, direcionamento espiritual. Logo, Santa Francisca formou grandes missionárias com muita disposição e fé para acompanhar os imigrantes em sua aventura rumo ao desconhecido.

Onde as Cabrianas chegavam, fundavam logo hospitais, asilos para os necessitados e escolas para formar as pessoas. Sempre levavam consigo principalmente o amparo, segurança e conforto para os imigrantes. Nos longos 30 anos de trabalho intenso, um total de 67 casas foram fundadas em países como a Itália, França e Américas do Norte e Sul, inclusive no Brasil.

Santa Francisca Xavier Cabrini veio a falecer em Chicago, nos Estados Unidos.

Loading Likes...

Artigos Relacionados