Em louvor da Santa Virgem

O Pai Eterno vos criou formosa
e santa entre as mulheres, Virgem Pura;
como os filhos de Adão, a mordedura
não sofrestes da serpe venenosa.

O Verbo que baixou da luminosa
morada a ser humana criatura,
de vós a carne teve, que ventura
da carne foi corrupta e criminosa.

Convosco liberal o esposo santo,
que graças e que dons vos não daria,
que aos céus da terra vos subiram tanto?

Jamais de vos louvar me cansaria;
mas com o peso não pode o débil canto
das vossas glórias, ínclita Maria!

Fr. José do Coração de Jesus do séc. XVIII

Loading Likes...

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *