Mater Rosarii

 

Quantas vezes, Maria – vão sem conta
quando me assalta rijo o sofrimento
Nas contas do Rosário encontro alento,
alívio, paz, consolo em cada conta

Quantas vezes, parece-me, desponta
um raio de esperança, no momento
em que minha alma, aflita e experimentada
nas contas de um rosário o céu remonta!

Ave Maria!… E digo tudo… Digo:
Ave, esperança minha, amparo, abrigo
de quem mais nada trem que a noite e o dia

Porta do Céu, consolo dos aflitos,
padeço muito, choro, ouvi meus gritos,
Mãe de Jesus e minha Mãe – Maria!

Pe. Antonio Tomás

Loading Likes...

Artigos Relacionados