Ave Maria

Ontem, revendo a Igreja do Rosário
eu disse ao meu amigo ao léu:
– Que lembrança feliz do vigário
que lhe deu essa cor azul do céu!

E fomos pelo nosso itinerário
pensando como pode ser incréu
quem viu Nossa Senhora, no Calvário,
Chorar Jesus transfigurado em réu.

Os nossos corações de pecadores
jogaram nessa igreja as suas flores
sem dizê-lo a ninguém, naquele dia.

É que, passando pelo templo augusto,
não pode ser cristão nem justo
quem não disser consigo — Ave Maria!

Cipriano Jucá (1886 – 1966)

 

Loading Likes...

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *