Reflexões sobre a morte para cada dia da semana

Considerai que sois pó, e que em pó vos haveis de tornar. Virá um dia em que morrereis e sereis lançado à podridão num fosso, onde o vosso único vestido serão os vermes. Tal é a sorte reservada a todos os homens, aos nobres e aos plebeus, aos príncipes e aos vassalos. Logo que a alma saia do corpo com o último suspiro, dirigir-se-á à eternidade e o corpo deverá reduzir-se a pó.

 

Domingo

  1. Todos um dia morreremos e deixaremos tudo;
  2. Não trouxemos nada conosco para este mundo e não levaremos nada conosco na morte;
  3. Por isso, livremo-nos de todo afeto desordenado às criaturas antes de sermos chamados a deixá-las.

 

Segunda

  1. A morte é certa, mas o tempo, lugar e maneira são incertos;
  2. O Filho do Homem virá na hora em que menos se espera;
  3. Por isso, estejamos preparados, pois a qualquer momento podemos morrer.

 

Terça

  1. Morreremos apenas uma vez, e se morrermos mal, a perda é irreparável;
  2. Se alguém pudesse voltar à vida, do Inferno para a Terra, como se prepararia para a morte?
  3. Que as misérias dos outros sejam uma lição para nós.

 

Quarta

  1. A morte normalmente está mais perto do que imaginamos;
  2. Você se julga preparado de modo que se a morte chegasse ao terminar esse texto estaria pronto para morrer?
  3. Jamais vivamos em um estado em que não estejamos prontos para nossa morte e juízo.

 

Quinta

  1. Não adie a confissão até a última hora;
  2. As dores do corpo e a angústia da alma podem tornar aquele momento impossível para a penitência;
  3. Aprendamos, a cada dia, a arte de morrer bem.

 

Sexta

  1. Viva como se fosse estivesse prestes a morrer, uma hora acertarás;
  2. Se você se esquecer de Deus durante sua vida, certamente se esquecerá de si mesmo e será esquecido na hora da morte;
  3. A morte do ímpio é miserável. A morte do justo é preciosa aos olhos de Deus.

 

Sábado

  1. Tudo é terrível na morte: os pecados que cometemos, a dúvida quanto ao nosso fim, o pensamento na eternidade;
  2. Ó Morte, como sois amarga ao homem!
  3. Retira, por isso, todo o teu afeto das felicidades eternas. Aspira a Deus somente. E, invocando a Virgem Maria e São José, prepara-te para o encontro solene que chegará.

 

Oração para impetrar uma boa morte

Meu Jesus crucificado, dignai-vos conceder-me a graça que vos peço para minha morte, quando me faltar o uso dos sentidos, de ter em vossas mãos minha última hora e tudo o que virá depois dela.

Quando, pois, meus pés, imóveis, me alertarem que minha vida logo chegará ao fim:
Misericordiosos Jesus, tende piedade de mim!

Quando meus olhos, obscurecidos com a aproximação da morte, já não vos puderem fitar:
Misericordiosos Jesus, tende piedade de mim!

Quando meus lábios, ressequidos pela febre, já não puderem beijar as vossas sacratíssimas chagas:
Misericordiosos Jesus, tende piedade de mim!

Quando meu rosto pálido e lúgubre trouxer compaixão aos que me circundam e o suor da morte anunciar meu fim:
Misericordiosos Jesus, tende piedade de mim!

Quando meus ouvidos estiverem a ponto de se fechar para toda voz humana e abertos apenas a ouvir a irrevogável sentença de vossa Justiça,
Misericordiosos Jesus, tende piedade de mim!

Quando minha imaginação, agitada por tenebrosos fantasmas, for mergulhada em uma terrível tristeza,
Misericordiosos Jesus, tende piedade de mim!

Quando meu coração, subjugado pela dor, for tomado pelo horror da morte,
Misericordiosos Jesus, tende piedade de mim!

Quando eu derramar minhas últimas lágrimas, e eu perder o uso de meus sentidos,
Misericordiosos Jesus, tende piedade de mim!

Quando, finalmente, minha língua entumecida e inerte não puder já falar convosco, lembrai-vos das ardentes súplicas que agora vos dirijo.
Jesus, Maria, José: encomendo-vos a minha alma.

 

mm

Confraria de São José da Boa Morte
Seção dos rapazes e senhores, para o crescimento nas virtudes e a preparação para a morte
Congregação Mariana da Imaculada Conceição e Santo Afonso Maria de Ligório – Manaus/AM

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *